China abre biblioteca futurista, que possui 1,2 milhões de livros

O design inovador e futurista desperta o interesse pela leitura de milhares de curiosos que chegam à biblioteca. A biblioteca foi construída em Tianjin, uma cidade costeira localizada a cerca de 100 km nos arredores da capital da china, Pequim e foi inaugurado a 1 de outubro.

A nova biblioteca conta com 1,2 milhões de livros e foi projetada pelo escritório de arquitetura holandês MVRDV para parecer um olho gigante.

Foi construído para proporcionar um espaço cultural no distrito de Binhai, China. Seus cinco níveis oferecem ao público uma variedade de cultural.
O nível subterrâneo tem espaços de serviço e armazenamento de arquivos. No primeiro e no segundo andar, há uma série de áreas de leitura, que, por seu fácil acesso, estão destinadas a crianças e idosos. Os dois últimos incluem salas de reuniões, escritórios, salas de informática e de áudio.